Projeto Graffitti Sem Preconceito

A iniciativa “Graffiti sem Preconceito” é realizada pelo artista plástico Matheus Marques Pinheiro, Fino, 23 anos, nascido em Bauru, SP. Fino se dedica ao graffiti e ao desenvolvimento da cultura Hip Hop desde sua adolescência e atualmente está formado em Design na USC em Bauru. Como artista profissional, já teve exposições de suas obras em diversas cidades do interior de São Paulo e vem desenvolvendo um trabalho voluntário que oferece a crianças, adolescentes e adultos de todas as idades, a oportunidade de aprender e preservar a cultura além de disseminar o graffiti e de outros métodos artísticos relacionados com a cultura Hip Hop, como a xilogravura e serigrafia.

Artista plástico, nascido e criado em Bauru, Fino iniciou suas atividades na essência do grafite, nos muros da cidade, até ingressar no curso de artes visuais da Universidade Estadual de Londrina. De volta a Bauru, começou uma nova frente de trabalho utilizando como matéria prima o spray, marcadores profissionais e outras técnicas. Desenvolve uma nova dinâmica para sua arte em paredes residenciais, comerciais, móveis e objetos, interiorizando a arte urbana. Formado em Design pela Universidade do Sagrado Coração, retrata nos seus trabalhos uma realidade em que mescla seres extraterrestres, naves espaciais, símbolos mitológicos, formas geométricas, cenários rupestres e influências musicais. Suas obras expressam mensagens de contestação, dando voz a sua arte.

No aspecto social, ministra oficinas de grafite para crianças em parceria com o Sesi e Casa do Garoto, garantindo o acesso desses estudantes ao conhecimento e técnicas das artes. Nos tatames, extravasa sua outra vocação, faixa preta de judô, ministra aulas para crianças, cujo mundo lúdico influencia na sua atividade artística.

Em parceria com a Usare Arte lança sua primeira linha de produtos licenciados na moda e decoração: camisetas, almofadas, tecidos e louças. Neles as estampas são desenvolvidas a partir das obras artísticas, com o mesmo estilo divertido, lúdico e extremamente característico da sua assinatura.

Realizou várias exposições individuais e coletivas, é filiado da ALA, Academia Latino-Americana de Arte, em que participou de diversas mostras.